Álvaro Damião

Coluna do Álvaro Damião

Veja todas as colunas

Que fase do futebol mineiro

'É preciso mais de todos os lados'

15/10/2019 às 12:10
Que fase do futebol mineiro

As situações de Atlético e Cruzeiro no Campeonato Brasileiro são de chorar. É para deixar qualquer torcedor desanimado e desacreditado. 

O Galo não vence há quatro partidas. Nos últimos cinco jogos ganhou apenas um. São três derrotas e um empate. Do outro lado, o Cruzeiro só venceu quatro vezes durante todo o campeonato. Nas últimas partidas foram três empates seguidos, mas nada disso é suficiente para tirar o time da zona de rebaixamento. 

É preciso mais de todos os lados. 

Ainda que o time alvinegro ocupe a 11ª colocação na tabela do Brasileirão é bom abrir o olho. São apenas seis pontos de diferença para o CSA, que é o primeiro time fora do Z4. Algo precisava ser feito para mudar, e fizeram. Ontem, anunciaram Vagner Mancini como novo treinador do Galo para os próximos três meses. É a melhor opção? Sinceramente não sei. Precisamos ver se terá resultado. Continuo achando que no futebol brasileiro o treinador sempre “paga o pato”, muitas vezes de maneira injusta. Não estou dizendo que a demissão de Rodrigo Santana foi errada ou injusta, mas acho que o problema vai muito além dele. É preciso cobrar postura, responsabilidade em campo. Lógico que havia uma falha técnica no time e isso precisava ser corrigido de maneira rápida. Afinal, são 26 gols sofridos nos últimos 16 jogos. Desejo que o Mancini consiga aparar as arestas e traga mais paz e sossego ao torcedor atleticano nas próximas partidas. 

Na Toca da Raposa, o problema é bem mais grave. A crise passa por todos os setores do clube. Todo dia é uma denúncia diferente! Enquanto isso, jogadores, até se esforçam em campo, mas nada parece ser suficiente. Falta sorte, técnica, falta tudo. Não se pode desperdiçar tantos gols. A bola pune, meus amigo. É preciso deixar a ansiedade de lado e focar em um único objetivo: não deixar o Cruzeiro ser rebaixado. A missão não é fácil, mas se todos esquecerem os salários atrasados, as crises políticas e as vaias das arquibancadas tudo pode ficar menos sofrido. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link