Auto Truck CPM Interno

Notícias

Em jogo com lesão de Neymar, Brasil empata com a Nigéria e amplia jejum de vitórias

Por Agência Estado , 13/10/2019 às 11:59
atualizado em: 13/10/2019 às 12:02

Texto:

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

A seleção brasileira empatou por 1 a 1 com a Nigéria, neste domingo, em amistoso internacional realizado em Cingapura. Aribo abriu o placar para os africanos na etapa inicial e Casemiro empatou o confronto no início do segundo tempo. Com o resultado, o Brasil chega a quatro partidas sem vitórias após o título da Copa América conquistado em julho deste ano: empate com a Colômbia (2 a 2), Senegal (1 a 1) e Nigéria; e derrota para o Peru (1 a 0), em Los Angeles (EUA). 

A seleção brasileira volta a campo no dia 15 de novembro, para enfrentar a Argentina, em Riad, na Arábia Saudita, em jogo amistoso. Outra partida preparatória deve ser confirmada pela CBF nos próximos dias. Está encaminhado um confronto contra a Coreia do Sul, dia 19, em local ainda ser definido, provavelmente, Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. 

A principal experiência planejada pela comissão técnica brasileira para o amistoso teve que ser interrompida após onze minutos, com a saída de Neymar. 

Neymar deixou a tradicional posição de atacante pelo lado esquerdo e foi deslocado para atuar no meio-campo, à frente dos volantes Casemiro e Arthur, chegando ao ataque com a bola dominada e servindo a Jesus, Firmino e Everton. 

Mas uma lesão na coxa esquerda logo nos primeiros minutos obrigou Tite a tirar Neymar de campo e substituí-lo por Philippe Coutinho, que não manteve o mesmo ritmo e não desempenhou as mesas funções. 
Após a saída de Neymar o Brasil perdeu velocidade, dinamismo e caiu de rendimento. Continuou com posse de bola amplamente superior, mas com passes sem objetividade, encontrando dificuldades para penetrar nas duas linhas de quatro jogadores nigerianos. 

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 x 1 NIGÉRIA

BRASIL - Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, e Renan Lodi; Casemiro, Arthur (Fabinho) e Neymar (Philippe Coutinho); Gabriel Jesus (Paquetá), Roberto Firmino (Gabriel) e Everton (Richarlison). Técnico: Tite.

NIGÉRIA - Uzoho (Okoye); Awaziem, Ekong, Ajayi e Collins; Ndidi, Aribo e Iwobi (Azeez); Simon (Dennis), Chukwueze (Olayinka) e Osimhen (Onuachu). Técnico: Gernot Rohr.

GOLS - Aribo, aos 34 minutos do 1º tempo; Casemiro, aos 2 minutos do 2º tempo.

JUIZ - Jansen Foo (Cingapura)

PÚBLICO - 20.385 torcedores

RENDA - Não divulgada

LOCAL -  Estádio Nacional, em Cingapura.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link