Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

Melhor da final, Everton festeja atuação e diz que 'secou' Guerrero em penalidade

Por Agência Estado, 07/07/2019 às 20:33
atualizado em: 07/07/2019 às 20:37

Texto:


Eleito o melhor jogador da final da Copa América e artilheiro da competição com os mesmos três gols do peruano Paolo Guerrero, o atacante Everton brincou com a rivalidade envolvendo os dois jogadores e disse que torceu para o centroavante do Peru perder o pênalti para que pudesse ficar como o goleador máximo do torneio. 

No final, os dois terminaram com três gols na competição continental, mas o atacante do Grêmio ficou com o troféu de artilheiro por ter dado uma assistência para outro gol, o que o centroavante do Internacional não conseguiu nesta edição do torneio. Este é o primeiro critério de desempate para quando dois jogadores terminam com o mesmo número de gols marcados.

"Só tenho que agradecer a minha família e meus companheiros, não seria nada sem eles. Hoje eu botei na minha cabeça que tinha de fazer o meu melhor e me entregar. Fui feliz com o gol e pude sofrer o pênalti do terceiro gol também. Torci para o Guerrero perder o pênalti (risos), pela artilharia, mas também porque a final estava complicada", brincou Everton, em entrevista ao Sportv, após a partida. 

Xodó da Seleção Brasileira, Everton se transformou, em pouco tempo, em um personagem de destaque no elenco do técnico Tite. Driblador, incisivo e bom finalizador, o atacante lamentou não ter tido uma boa atuação na semifinal contra a Argentina, em que foi substituído no intervalo.

"Na última partida tive atuação apagada, fiquei chateado, mas sabia que hoje tinha que fazer o melhor, me entregar, dar o sangue e correr pelos companheiros", declarou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link